Princesa Sarah Sheeva

Acabei de acompanhar no programa do Amauri Jr. uma maravilhosa entrevista com a filha da Baby do Brasil, a Sarah Sheeva! Que espetáculo de mulher, espontânea, autêntica e de uma personalidade única e marcante.

Sarah comentou sobre o curso/culto para "deixar de ser cachorra e se tornar uma princesa" e falou com clareza e naturalidade sobre seu passado de ninfomaníaca e sua abstinência de sexo e beijo, que já dura mais de 15 anos.

Não senti nenhum tipo de "ditadura" em suas falas, apenas o relato de sua experiência com Deus. E suas orientações são fundamentadas justamente nessa experiência. Ou seja, ela mudou de vida, hoje é muito mais feliz, e deseja indicar a outras pessoas o "Caminho da Felicidade"! Só isso.

Não concordo ou compactuo com vários pensamentos dela, mas me encanta gente verdadeira! Vi isso nela; verdade! E falar o que se sente e o que pensa sem buscar julgar, ofender ou excluir alguém hoje em dia é algo raro... Ela consegue. Em nenhum momento ela fez juízo de valores, apenas expressou, em alguns momentos, a realidade.

As vezes a realidade choca, fere... Até mesmo eu me enquadro em algumas questões (sem grilos), mas tudo o que nos provoca ou convida à pensar é positivo. Acompanho a algum tempo as entrevistas e matérias sobre ela, continuarei acompanhando. Até o momento não vi nada negativo, pelo contrário. Em tempos em que nem a Lei Maria da Penha diminui a violência doméstica contra mulheres, um curso que ensina os homens a tratarem suas amadas como princesas é presente de Deus para as famílias!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentario... Mas seja coerente com o texto e respeitoso (a) ao formular seus comentários... Este espaço é seu, então torne-o um agradável espaço de comunicação!